10 anticoncepcionais que podem causar trombose nas mulheres

Diariamente, muitas mulheres consomem anticoncepcionais. Eles têm como objetivo protgê-las de uma gravidez indesejada, mas podem acabar gerando alguns efeitos colaterais bastante assustadores.

Devido às fórmulas de alguns remédios do tipo, que contam com altas doses de estrogênio, hormônio feminino, os anticoncepcionais podem acabar causando trombose em pessoas que estão mais propensas a isso.

Caso você ainda não saiba, a trombose é uma formação de coágulo sanguínea e a doença pode acabar por bloquear o fluxo de sangue para as artérias.

Logo, de acordo com alguns estudos, vários médicos atualmente conseguem determinar quais são os remédios mais perigosos.

Assim, esses são os dez mais perigosos para as mulheres: Selene, Diane, Ciclo 21, Stezza, Microvilar, Sublina, Level e  Baleara. Todos eles devem ser evitados pelo risco de trombose.

Portanto, o mais indicado é que as mulheres é o uso de minipílulas, que possuem fórmulas diferentes e contam também com uma combinação de progesterona. Então, várias marcas como Norestin, Exluton, Jluet e Cerazette podem ser opções mais viáveis.

Entretanto, apesar de ser um fato científico a ligação entre a trombose e o anticoncepcional, é preciso destacar que o seu histórico familiar também pode ter influência nesse ponto.

Logo, caso várias mulheres da sua família tenham um histórico de trombose, as suas chances automaticamente aumentam e, portanto, o uso de anticoncepcional pode acabar acelerando esse processo na sua vida.

Assim, no caso dessas mulheres com o risco aumentado, o mais indicado seria conversar com um médio a respeito do uso do DIU, uma opção menos arriscada.

Grupo de notícias no Whatsapp
Entre para o nosso grupo no Whatspp e receba notícias diariamente.