Categorias:

Polícia invade templo da Igreja Universal para apuração denúncia e se deparam com algo surpreendente; diz site

As informações foram vinculadas pelo site I7. Neste último domingo (7) a Polícia Militar, Guarda Municipal, fiscais da SSU e também da Vigilância Sanitária da cidade de Montes Claros, na região do Norte de Minas Gerais passaram a fiscalizar a respeito dos Decretos Municipais que foram impostos para impedir que ocorra o avanço do Covid-19.

O prefeito da cidade publicou o Decreto de n° 4181, no último dia 2 de março. Com isso, passa a ser restrito o funcionamento de algumas atividades, como por exemplo cultos e demais manifestações religiosas que contassem com a presença de público.

De acordo com as denúncias que foram feitas através do número 153, a Guarda Municipal teve que comparecer a um templo da Igreja Universal da cidade, e com isso, foram comprovadas as denúncias que foram feitas através do telefone, de que no local estava de fato ocorrendo um culto, que contava com a presença de dezenas de pessoas.

No local, ao que se sabe até o momento, tinha uma quantidade grande pessoas que estavam sem distanciamento social algum, e inclusive, algumas nem mesmo usavam máscara no momento em que tudo ocorreu, que trata-se de uma medida essencial neste momento para evitar o contágio da doença.

Como punição pelo ato que descumpriu o Decreto que foi feito pelo prefeito da cidade, a igreja recebeu uma multa no valor de 200 UREFS, que trata-se de R$9.160,00. De acordo com o boletim epidemiológico da cidade de Montes Claros, a cidade conta com 19.943 casos confirmados da doença, e 317 mortes.

Fonte: I7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *